sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Assessorias Trabalhos de Práticas Integradas

Sexta feira é dia de assessoria!!
As turmas do 3º ano estão na reta final do curso, finalizando o módulo de Gestão em Hospitalidade. Elaborar plano de negócios dá um trabalho!! Cada equipe já definiu seu empreendimento,agora é aplicar os conceitos e conhecimentos recebidos nas disciplinas.
Professora Elaine na assessoria com equipe do 3º ano vespertino.

 

As turmas do 2º ano estão finalizando o módulo de Cozinha Internacional, iniciaram os trabalhos de práticas integradas em cozinha. As assessorias são realizadas pelas professoras Mariana Duprat e Nívea Rohlin. Muita criatividade e trabalho.
A todos BOA SORTE!

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Inicia HOJE! Disciplina - Cozinha das Américas

As culinárias das diferentes regiões dos Estados Unidos foram verdadeiras adaptações dos hábitos alimentares dos países de origem  dos imigrantes, às condições geo-climáticas específicas de cada região dos EUA. 
No Sul se denota a presença das antigas colónias de negros, escravos que trabalhavam nas produções de algodão (um bom exemplo disso são a galinha frita (Fried Ckicken ou mesmo o Bacon) Verifique a receita no link ao lado.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Projeto Maturidade na Gastronomia

Realizado hoje, no laboratório de Panificação de Gastronomia, oficina com preparo de pratos regionais para um grupo de pessoas que participam do Projeto Maturidade, aqui da Univille.
Na oficina de hoje, foram elaboradas as seguintes preparações: marreco recheado, pure de maçã, repolho roxo agridoce e spatzle.
Vejam as fotos:



Copa Bunge de Panificação e Confeitaria

Para quem tem interesse em participar da 4ª Copa de Panificação e Confeitaria, as inscrições estão abertas até o dia 28/11.
Abra a sua mente para novos sabores e crie uma receita inovadora.
Para inscrição e maiores informações acesse:
http://a2c.com.br/clientes/mmkt/bunge/copa-bunge/4-copa-bunge/email.html

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Projeto Sabor de Sobra


Vale sempre a pena relembrar o objetivo do Projeto Sabor de Sobra, realizado no  Depto de Gastronomia, toda sexta feira no período da tarde,constitui uma intervenção educativa sugerida por acadêmicos do CST em Gastronomia da Univille, estimuladora do senso coletivo e individual para uma melhor consciência alimentar e nutricional, aliando diversos preparos gastronômicos que quando praticados contribuirão para a redução e até mesmo a eliminação do desperdício de matérias primas e ainda conduzirão à promoção de uma alimentação saudável, e segura, através do máximo aproveitamento dos nutrientes contidos nos alimentos, em uso nas várias disciplinas do módulo de cozinha internacional, que em geral são descartados e ou desperdiçados na cozinha pedagógica do CST em Gastronomia. 
O projeto visa, sobretudo, contribuir para a sensibilização dos participantes frente à diminuição de resíduos sólidos, ampliarem a percepção de que saúde pessoal se relaciona com alimentação e meio ambiente, e estimula o interesse para a adoção de práticas alimentares alternativas e criativas, fundamentada no preparo de cardápios inovadores e consumo consciente.
As inscrições são gratuitas e abertas a toda comunidade, para inscrever-se ligue no período comercial para:47-  34619210.
Participe!!!

 Momento de atenção!
 

Hora Boa!! Degustação do que foi preparado!

Estagiários do projeto! Só faltou a Bete!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Cozinha Mediterrânea - França - Preparações do 2º Ano - Noturno

As preparações dão água na boca!!!



Finalizar a disciplina de Mediterrânea assim é tudo de bom!!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Última Aula da Cozinha Mediterrânea - França


Há mais de três séculos que a França tem na gastronomia uma grande representante de sua cultura. Ali foram criadas receitas e iguarias da culinária ocidental --do foie gras às trufas - e surgiram as linhas mestras da cozinha ocidental.
Podemos dividir a França em quatro grandes regiões culinárias: o noroeste, o nordeste, o sudeste e o sudoeste. Em cada uma delas há províncias que contem cidades, aldeias e povoados. Embora seja possível traçar paralelos entre as províncias de cada região, cada uma tem suas próprias especialidades culinárias que sofrem influências da historia, do solo e do clima.
A culinária da Provança - Alpes- Côte d´Azur e Córsega são diferentes do resto das províncias do sudeste. Os ingredientes básicos da região que sofre influenciam do mediterrâneo são alcachofras, erva-doce, berinjela, tomates, pimentões, alho, ervas aromáticas e azeitonas. OS damascos, as cerejas, as ameixas e os figos são consumidos frescos, mas também preparados em conserva. A região se apóia no mar mediterrâneo para parte do seu sustento. Entre as especialidades mais conhecidas da região são o Bouillabaisse, o Ratatouille e o Tapenade e  Salada Niçoise. As principais cidades da região são Marselha e Nice. 
Os pratos elaborados nessa última aula da cozinha mediterrânea foram: Pernil de Cordeiro à ProvençaleTian de Legumes, Cebolas Recheadas e Pargo à  Moda de Nice.
Confira as fotos das preparações, foto da turma na última aula e a receita de hoje no link ao lado.
Professor Fernando, foi muito bom trabalhar contigo, receba o nosso muito obrigado! 





 

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Cozinha Mediterrânea - Israel e Egito


A culinária de um país reflete história, hábitos e costumes de seus cidadãos. Nada mais verdadeiro quando pensamos na comida judaica, que se adaptou às necessidades de seu povo no decorrer da história.
Qualquer explicação sobre a cozinha de Israel passa pelos preceitos do “kashrut”, o rígido código sanitário e religioso que define dos alimentos de consumo permitidos aos cuidados com seu preparo.
O café-da-manhã é uma das refeições mais importantes em Israel. Nos kibutzim (colônias comunitárias agrícolas) uma farta mesa fica posta desde a madrugada. Pães variados, frutas e vegetais frescos, cultivados nas terras áridas trabalhadas com tecnologia e tenacidade, queijos, coalhadas, peixes defumados e marinados, creme de leite, geléias, mel.

Vivendo há dois mil anos na diáspora, forçado a mudar constantemente de país, o povo judeu acabou criando e fortalecendo suas raízes também através de sua culinária, transmitida de geração em geração. Assim, a comida acabou sendo o símbolo da continuidade, o laço com o passado ainda que influenciada pela cultura dos países com seus pratos tipicos:

ü  Falafel:  Bolinho de grão-de-bico ervas e condimentos.
ü  Halek Fish: Peixes, mel blíblico (xarope de uvas ou tâmaras), gergilim torrado
ü  Geflite Fish: bolinhos de peixe, cebola, ovos, cenouras e temperos, cozidos em caldo.
ü  Kebab: Espeto de carne de cordeiro, cebola, alho e tempero.
ü  Homus: pasta de grão de pico, tahine,limeao, alho , cominho,azeite, paprika e salsa
ü  Challá: tradcional pao judaco enriquecidos com ovos e servido toda sexta-feira a noite.



Aula de Cozinha Mediterrânea - Grécia

A Grecia é um pais rodeado de arquipélogos, de centenas de ilhas, com muitos quilometros de costa, mas com exceção das ilhas, a imagem de suas cozinhas não se associa aos peixes, é acima de tudo uma cozinha de terra, de cultivo. Produtos como a berinjela, o alho, as abóboras, os pimentões, os tamates, a cebola, o pepino, o grão-de-bico, o feijão , as lentilhas, junto com o arroz constituem a base da culinária grega.

A culinária grega é muito diversificada, e embora existam diversas características em comum entre as tradições culinárias das diferentes regiões dentro da Grécia, existem também muitas diferenças, o que torna difícil apresentar uma lista completa dos pratos mais representativos.

Aqui temos alguns pratos tradicionais da culinária grega:

ü  Mussaka: berinjelas e carnes,coberto por bechamel e gratinado com queijo.
ü  Dolmades: Rolinho de uva, recehados com arroz, carne e especiarias.

ü  Suvlakia: Espetinho de cordeiro, temperado com erva aromática.
ü  Salada Grega: é uma salada tradicional grega com os ingredientes característicos deste país. A salada original é feita com tomate, pepino, pimento e cebola vermelha, temperada com sal, pimenta-preta, orégão e azeite. A tudo isto juntam-se pedaços de queijo feta, alcaparras e azeitonas.
ü  Domátes Yemistés: Tomates recheados com carne e arroz e ervas aromáticas.
ü  Baklavás: Pastel de massa filo recheado com amêndoas e nozes, e ervas e temperos aromáticos.
Os alunos do 2º ano vespertino em aula com o professor Fernando Correa. 


Veja na próxima página - link ao lado, a receita da Mussaka e aproveite!
 

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Gastronomia Sustentável

Gastronomia sustentável é tema de Congresso Internacional Mesa Tendências em São Paulo, segue o link planetasustentavel.abril.com.br/.../gastronomia-culinaria-cozinha-... Para àqueles que tem interesse no evento ou ler um pouco mais sobre o assunto.


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A Fisiologia do Gosto

Se lêssemos o livro "A Fisiologia do Gosto", de Brillat Savarin (1825 !!!), todos os dias, a cada um destes encontraríamos uma colocação brilhante. É uma obra atemporal, e indispensável na estante de gastrônomos.

veja este trecho:

"... o domínio da gastronomia... só poderá crescer com as descobertas e os trabalhos dos cientistas que irão cultivá-lo; pois é impossível que, dentro de poucos anos, a gastronomia não conte com seus acadêmicos, seus cursos, seus professores e suas indicações de prêmios." e continua:

"Feliz do homem público que ligar seu nome a essa instituição tão necessária!"

"Felizes" de todos nós!!!

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Palestra sobre Terroir

Hoje a noite na sala de aula do centro de gastronomia, acontecerá uma palestra sobre os Produtos da região Litoral Norte Catarinense, com o Sr. Gilmar Germano Jacobowski - Engº Agrº da Epagri. Não perca a oportunidade de saber um pouco mais sobre os produtos da nossa terra!
Amanhã falaremos mais sobre o assunto!

sábado, 8 de outubro de 2011

Um pouquinho de cultura Marroquina...

Este artigo, escrito por Fatima Sadiqi, professora de linguística da Universidade de Fes, Marrocos, e Presidente do Centro de Estudos e Pesquisas sobre a Mulher, fala sobre estereótipos e mulheres na Cultura Marroquina. É um texto muito interessante, que apresenta detalhes sobre a cultura das relações neste País, com forte influência religiosa e onde as mulheres ainda lutam pela conquista de seu espaço.
Segue o resumo do artigo:

Resumo
 Estereótipos sobre as mulheres no Marrocos podem ser caracterizados como crenças culturais incompletas e inexatas mantidas por algumas pessoas e que se encontram inscritos em expressões lingüísticas ou em discursos subliminares. A cultura popular marroquina emprega representações poderosas para transmitir e sustentar tais estereótipos. Embora existam alguns estereótipos positivos, a maioria dos estereótipos sobre as mulheres no Marrocos é negativa e reflete ditames patriarcais subliminares que estruturam as relações de gênero nas culturas marroquinas. As mulheres marroquinas, no entanto, não são receptoras e transmissoras passivas, mas usam estratégias para lutar contra esses estereótipos.

As imagens falam por si: Marroquinas em seus trajes tipicos, representando sua opressão; e nossas alunas, que fazem parte do grupo de Brasileiras que conquistaram seu espaço na sociedade, e hoje são líderes essenciais para o crescimento de nosso País.



Leia o artigo completo em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n30/a03n30.pdf

Aula Cozinha Marroquina

 A cultura marroquina é ancestral, com traços da cultura Africana, Europeia e Muçulmana. Na aula de cozinha marroquina os alunos puderam observar alguns objetos representativos, para entrarem no "clima" deste maravilhoso País.  Confira nestas fotos, enviadas pelas acadêmicas Angela Friedmann e Viviane Miranda, do 4º semestre, periodo Noturno:


Obrigada pela contribuição meninas, as fotos estão lindas!


Cozinha Contemporanea Oriental

A turma do 4º semestre, periodo noturno, realizou um excelente trabalho na aula de Cozinha Oriental ministrada pelo Chef Mauricio. Esta galera merece aplausos!!!!
Confira algumas produções:



sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Gastronomia: profissão do momento

Conforme prometido, aí vai o link da materia apresentada ontem no Jornal do Meio Dia da Ric Record.

http://www.clickric.com.br/ric.com/videos_programa.asp?estado=sc&id_prog=2&id=18147&cidade=5

Vale a pena conferir!!!

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

As primeiras aulas de cozinha a gente nunca esquece...

Quem de nós não sente falta de nossas primeiras incursões na cozinha?
O pessoal do primeiro ano esta aproveitando esta experiencia.



E não faltaram os tradicionais cortes nos dedos, não é Georgia???

Gastronomia: Profissão do Futuro

Hoje foi veiculada no Jornal do meio dia, da Ric Record, uma reportagem feita na cozinha pedagogica do Curso de Gastronomia da Univille, que traz a Gastronomia como uma das profissões do futuro. As alunas Angela Friedmann, Gabriele Eggert, e a Coordenadora do curso, Mariana Duprat foram entrevistadas. Para quem perdeu, iremos postar o link amanha!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Última aula da Cozinha Contemporânea Oriental


A cozinha praticada atualmente é uma cozinha diversa e cada vez mais complexa, influenciada diretamente pela velocidade com que a informação é processada e compartilhada, aliada a tecnologia no processamento de alimentos, à logística de transporte e ao estreitamento das relações comerciais. Tudo isto possibilita um intercâmbio cada vez maior de produtos e tecnologia entre vários países. As nossas produções mostram isso.


 

Obrigado chef Maurício foi um prazer trabalharmos juntos!